Eleita a nova composição do Conselho Tutelar de Teresópolis

27 / 08 / 2013

Apuração dos votos para a nova composição do Conselho Tutelar aconteceu na Escola Estadual Edmundo Bittencourt, na Várzea, sob a coordenação da presidente do CMDCA, Iracema Toledo Braga, e supervisão da promotora de Justiça da Infância e Juventude, Gabriela dos Santos. (Foto: Marco Esteves)

Apuração dos votos para a nova composição do Conselho Tutelar aconteceu na Escola Estadual Edmundo Bittencourt, na Várzea, sob a coordenação da presidente do CMDCA, Iracema Toledo Braga, e supervisão da promotora de Justiça da Infância e Juventude, Gabriela dos Santos. (Foto: Marco Esteves)

Aconteceu neste domingo, 25, a eleição da nova composição do Conselho Tutelar de Teresópolis para o mandato 2013-2015. A apuração foi realizada na Escola Estadual Edmundo Bittencourt, na Várzea, sob a coordenação da presidente do CMDCA (ConselhoMunicipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Iracema Toledo Braga. O CMDCA é o órgão responsável pelo processo eleitoral, que foi rigorosamente fiscalizado pelo Ministério Público.

Dos onze candidatos inscritos, foram eleitos cinco Conselheiros Tutelares, e os demais ficarão como suplentes. Os cinco conselheiros mais votados que compõem o novo Conselho são: Luiz Jorge da Silva –208 votos, João Valfran Sobrinho Gomes –178 votos, Rodrigo Pinto Ribeiro – 95 votos, Vanda Regina de Oliveira –89 votos e Juliana Nicacio da Silva – 54 votos.

Segundo Iracema Toledo, das cerca de 3.600 pessoas inscritas para votar e eleger os novos conselheiros, menos de mil compareceram às urnas. “Tivemos alguns percalços que foram rapidamente resolvidos. Começamos com um pequeno atraso, que foi compensado com a prorrogação do mesmo tempo de retardamento de cada zona eleitoral. O nome de algumas pessoas também não constava na lista de inscrição, o que as impossibilitou de votar. Porém, aqueles que apresentaram o comprovante impresso pela internet na hora da inscrição, conforme orientação do edital, mesmo se o nome não tivesse na lista, tiveram o voto garantido”, explicou Iracema.

Além dos membros do CMDCA, o processo de apuração foi acompanhado integralmente pela promotora de Justiça da Infância e Juventude, Gabriela dos Santos. “A eleição transcorreu bem. O CMDCA está de parabéns porque conseguiu solucionar os eventuais problemas que surgiram e, no final, deu tudo certo. Os candidatos também se portaram muito bem, respeitando as regras de votação. Enfim, o processo foi tranqüilo e a apuração rápida”, concluiu a promotora.

Os cinco candidatos mais votados tomarão posse como conselheiros tutelares após uma capacitação de cinco dias, que começa nesta quarta-feira, 28, exigindo 100% de presença tanto dos titulares quanto dos suplentes.

Quatro dos cinco conselheiros tutelares eleitos: (da esquerda para direita) Luiz Jorge da Silva, Rodrigo Pinto Ribeiro, Vanda Regina de Oliveira e Juliana Nicacio. (Foto: Marco Esteves)

Quatro dos cinco conselheiros tutelares eleitos: (da esquerda para direita) Luiz Jorge da Silva, Rodrigo Pinto Ribeiro, Vanda Regina de Oliveira e Juliana Nicacio. (Foto: Marco Esteves)

Em sua terceira gestão, o conselheiro tutelar Luiz Jorge da Silva pretende dar continuidade ao trabalho iniciado anteriormente. “Fico feliz em poder realizar, mais uma vez, este trabalho interminável, porém gratificante, porque além da atribuição tutelar podemos também fazer o social”, disse Luiz Jorge.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, que tem como missão zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, conforme os princípios estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Os conselheiros tutelares têm como função atender casos em que crianças e adolescentes têm seus direitos violados ou são vítimas de negligência, exploração, discriminação, violência e crueldade.

Fonte: Ascom/Teresópolis